Narwhal, o filhote unicórnio foi adotado e doará fofura em pet terapia

Narwhal cachorro-unicórnio

O  cãozinho que virou notícia no mundo inteiro por ter nascido com uma cauda na testa, ficando conhecido como cachorro-unicórnio, foi adotado e recebeu o nome de Narwhal.

Quem o adotou foi Rochelle Steffen, a mulher que o encontrou no depósito de lixo da zona rural de Missouri-EUA e o resgatou do abandono.

Ela decidiu mantê-lo no abrigo que ela fundou, pertencente à Ong de proteção animal Mac’s Mission, que resgata cães abandonados e com problemas.

Apesar de ter sido abandonado onde se joga lixo, Narwhal está em perfeita saúde e o único fator que o difere de outros cães é a cauda extra em sua testa que não lhe causa nenhum tipo de transtorno, problema orgânico ou físico, por isso, não há necessidade de removê-la.

“No começo eu não ia ficar com ele. Mas não foi apenas minha a decisão. Toda a associação não pode aceitar vê-lo partir. Todos nos apaixonamos por ele”, disse Rochelle Steffen.  

Se ela não o adotasse, o cachorrinho-unicórnio não ficaria sozinho por muito tempo porque surgiram pessoas que escreveram para a entidade Mac’s Mission interessadas em adotá-lo.

Mesmo com tantos possíveis adotantes, a fundadora da entidade temendo que o cãozinho fosse explorado por sua aparência física e peculiaridade, decidiu ficar com ele e posteriormente torná-lo um cão de terapia animal (pet terapia).

Conheça o filhote Narwhal e sua fofurice neste vídeo do canal Rit Notícias:

A história desse cãozinho dá um livro ou filme de cinema e, ainda, servirá de exemplo para que as pessoas parem de discriminar os animais portadores de diferenças ou necessidades especiais.

Talvez te interesse ler também:

ESTE CÃO ABANDONADO PROCUROU REFÚGIO EM UM PRESÉPIO DE NATAL MOVENDO A CIDADE (E O MUNDO INTEIRO)

A VERDADEIRA HISTÓRIA DE BALTO, O CACHORRO QUE SALVOU UMA CIDADE DO ALASCA DE UMA EPIDEMIA DE DIFTERIA

SASHA, O HOMEM QUE SALVOU MAIS DE 1000 CÃES DA RUA, VÍTIMAS DO ABANDONO E DOS MAUS-TRATOS

Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!