Transporte gratuito para todos: a Estônia é o primeiro país do mundo a oferecer ônibus grátis

Transporte gratuito Estônia

A partir de 1º de julho, o transporte público será gratuito para todos na Estônia. O país está forçando a redução de carros na cidade.

Daqui a exatamente um mês, os habitantes poderão se deslocar de uma parte à outra do país sem terem de desembolsar um centavo. É um histórico ponto de viragem, que deve ser tomado como exemplo por outros Estados.

A decisão de liberar o transporte público é parte de um ambicioso plano já em vigor na capital, Tallinn, onde o transporte público em ônibus, bondes, trólebus e trens da cidade, foi liberado para os moradores em 2013.

Agora, o governo está aplicando o mesmo sistema em todo o país, embora com algumas limitações. Viagens gratuitas estarão disponíveis para todos os estonianos que decidirem usar os ônibus no território nacional, mas os trens permanecerão sendo pagos, mesmo que, graças a um auxílio estatal, terão seus preços reduzidos.

De fato, com esta inovação, a Estônia terá o maior sistema de transporte público nacional grátis do mundo, destinado principalmente a dar às pessoas de baixa renda mais mobilidade para encontrar trabalho. Mas não só. O impacto ambiental da decisão será muito importante, considerando que menos carros nas ruas também significa menos emissões de carbono e poeira fina. Os benefícios cairão não apenas sobre o meio ambiente e os bolsos dos cidadãos, mas também sobre sua saúde, pois eles viverão em cidades menos poluídas e menos caóticas e estressantes.

Allan Alaküla, porta-voz oficial do projeto, confirmou que a decisão foi bem recebida pelos cidadãos, especialmente pelos grupos de baixa renda, muito satisfeitos com as viagens gratuitas de ônibus:

“O transporte público gratuito permitirá que eles procurem um novo emprego em uma área mais ampla do que poderiam acessar a pé”.

Alaküla explica que o transporte público gratuito tem o potencial de reduzir o congestionamento e a poluição nas ruas, quando combinado com outras medidas.

“Esperamos que isso dê às pessoas mais uma razão para usar menos o carro ou não usá-lo próprio, especialmente em dias úteis. Em Tallinn, tomamos várias medidas para reduzir o uso dos carros, juntamente com o transporte público gratuito – corredores de ônibus, mais ciclovias para incentivar o ciclismo e também aumentamos as taxas de estacionamento.”

Para cobrir as perdas da falta da receita gerada pelo pagamento do transporte, este ano, o governo da Estônia investiu € 13 milhões. Um investimento importante que, com certeza, dará frutos.

Até mesmo Paris e Alemanha estão avaliando essa possibilidade, embora em ambos os casos, essas leis ainda estejam aguardando aprovação.

Parabéns Estônia!

Leia mais sobre reduzir carros nas ruas e combater a poluição:

TRANSPORTE PÚBLICO GRÁTIS: A PROPOSTA DA PREFEITA DE PARIS

BICICLETAS E PEDESTRES CIRCULARÃO EM NAVETAS SUBTERRÂNEAS DE ALTA VELOCIDADE, PALAVRA DE ELON MUSK

ESTA EMPRESA PAGA DE 5 A 10 DÓLARES POR DIA PARA SEUS FUNCIONÁRIOS IREM DE BICI AO TRABALHO

Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É redatora-chefe e co-founder de GreenMe Brasil.
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!