Carolina Marcelino, a brasileira premiada pela União Europeia: única americana entre pesquisadores do mundo inteiro

Carolina Marcelino

Uma jovem cientista brasileira acaba de receber um importante prêmio internacional.

Carolina Marcelino, que é pós-doutoranda do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), foi vencedora do Prêmio Marie Curie Fellow, concedido pela União Europeia.

Como explica o site da UFRJ, a premiação integra um programa da Comissão Europeia que tem a finalidade de financiar pesquisadores do mundo inteiro em diversas áreas do conhecimento. Concorrem à premiação jovens cientistas de todo o mundo.

Além de Carolina, oito pesquisadores receberam a condecoração este ano, seis europeus, um chinês e ela, do BRASIL.

A pós-doutoranda é supervisionada pelo professor Carlos Eduardo Pedreira, do Programa de Engenharia de Sistema e Computação, que atua na linha de pesquisa de Inteligência Artificial. Com o prêmio, a pesquisadora firmará um contrato no valor de € 4.500 mensais, pelo período de dois anos, para desenvolver o seu trabalho na Universidade de Alcalá, na Espanha.

Energia renovável

Carolina explica que o seu projeto de pesquisa se baseia no “aprendizado de máquina (machine learning), combinado com heurísticas de otimização e métodos de tomada de decisão para a geração de energia renovável”. A pesquisadora manterá o vínculo com a UFRJ, visto que o prêmio também reflete um trabalho de parceria:

“É uma conquista do nosso grupo e da Coppe, que é uma instituição de referência”.

Pedreira destaca que o reconhecimento do trabalho de Carolina mostra o comprometimento das pesquisas realizadas na Coppe, reafirmando a excelência internacional do programação de pós-graduação. 

Talvez te interesse ler também:

O AMOR DE MÃE E A FORÇA INDÍGENA: FOTO GANHA PRÊMIO INTERNACIONAL

DAVI KOPENAWA, O ‘DALAI LAMA DA FLORESTA’ RECEBE O PRÊMIO NOBEL ALTERNATIVO POR SUA LUTA PELOS DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS

PRESIDENTE BOLSONARO GANHA O PRÊMIO ‘RACISTA DO ANO’ EM LONDRES

Doutora em Estudos de Linguagem, Mestra em Linguística e Especialista em Ensino de Língua Portuguesa, escreve para GreenMe desde 2015.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!